Artesanato

Espaço linhas+- ATamanho da fonte+-

As feiras de Arte e Artesanato do bairro Eldorado e Amazonas movimentam a economia, geram emprego, renda e são consideradas pontos turísticos de Contagem, pois funcionam como um espaço de convívio e lazer para as famílias, propiciando manifestações e exibições culturais e sociais, além de comercializar produtos tradicionais. 

A tradicional feira do bairro Amazonas, teve início na metade da década de 1960. Funciona todos os domingos há mais de 35 anos. O turista encontrará neste espaço uma diversidade em hortifrútis, vestuários, artesanato, brinquedos, produtos de beleza e comidas típicas. Atualmente, possui cerca de 550 feirantes e duas áreas reservadas para praças de alimentação. Está dividida em cinco setores: hortifrútis, bijuterias e decoração, couros e calçados, vestuário e alimentação. 

A feira de Arte e Artesanato do bairro Eldorado, entrou em funcionamento no início da década de 1980 na Praça da Glória. Atualmente ocorre nas manhãs e tardes dos sábados e domingos na Avenida José Faria da Rocha, próximo ao cruzamento com a avenida João César de Oliveira, ao lado da praça do Iria Diniz. A feirinha do Eldorado, como é popularmente conhecida, apresenta diversos tipos de produtos, entre eles, hortifrútis, roupas, bijuterias e acessórios. O turista ainda pode se deliciar com as típicas comidas mineiras e de outras regiões do Brasil. Atualmente, conta com mais de 900 expositores distribuídos em diversos setores. 

Foi em meados da década de 1980, que surgiu a feira de Nova Contagem. Localizada na Avenida ÁpioCardoso, funciona há 25 anos e conta com cerca de 242 expositores. Neste espaço de convivência popular, podem ser encontrados produtos artesanais ou semi-artesanais, barracas de alimentação e uma rica diversidade de itens. Nos sábados e domingos, a feira tornou-se ponto de encontro da Regional Vargem das Flores. Milhares de contagenses passam pelo local à procura de bom preço, lazer e diversão.


Desafios:
•    Desenvolver programa que preserve o artesanato dentro das feiras em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Programa de Economia Solidária).
•    Providenciar fomento para o setor estimulando as ações de reconhecimento e expansão das atividades artesãs.
•    Ampliar as atividades culturais nas feiras de Contagem.
•    Abrir espaço para artesãos nos diversos eventos da Fundac.
•    Mapear a diversidade do artesanato de Contagem.
•    Identificar o artesão, fazer o seu registro e inseri-lo no seu segmento.
•    Criar novos espaços de exposição.
•    Realizar o encontro estadual de artesanato em Contagem.

Cursos

Oficina de Artesanato

Centro Cultural Espaço das Artes Rua Presidente Kennedy, 235 Tel:3352 5044
Data: Segundas e quartas-feiras
Horário: 8 às 10h, 10 às 12h, 13 às 15h, 15 às 16h e de 17 às 19h
Espaço:
Valor: Gratuito
Classificação: Livre
Professor: Professora Regina Célia Azevedo dos Santos
Informações: Vagas Esgotadas
Regional: Sede
Área: Artesanato