Projeto Tudoaver apresenta a exposição fotográfica O Ninho da Coruja

Espaço linhas+- ATamanho da Fonte+-

A prefeitura de Contagem, por meio da Fundação de Cultura (Fundac), em parceria com o Big Shopping, apresenta a exposição, do mês de dezembro, selecionada no Edital Galerias Fundac 2017.

Anualmente, a Fundac realiza, editais para seleção de mostras para ocupação das galerias públicas da cidade. Os artistas inscritos submetem suas propostas a uma comissão de avaliação e seleção, obrigatoriamente composta por especialistas em artes visuais como professores, críticos e/ou produtores reconhecidos. Estas exposições compõem a programação anual do projeto Tudoaver, que também pode contemplar outras mostras, de acordo com a demanda de artistas diversos, ou mostras institucionais de interesse cultural.

A exposição “O Ninho da Coruja”, do artista Hugo Honorato, apresenta imagens especialmente produzidas para o projeto artístico pedagógico homônimo. Estas fotografias são parte essencial de ações performáticas no ambiente escolar, sendo utilizadas para construir o imaginário visual do projeto, numa proposta provocativa e interativa.

Usualmente a coruja está associada à sabedoria. Aparece como símbolo de aprendizado e leitura. O Ninho da coruja é o seu lugar de estar, seu refúgio, seu lar. A biblioteca então seria este ninho, espaço fértil onde habita o conhecimento.

Utilizando destes signos, as Fotografias estão inseridas no projeto Ninho da Coruja que consiste na realização de intervenções performáticas no ambiente escolar, instigando os estudantes por meio de recursos cênicos e visuais a um novo olhar para a biblioteca e a leitura.

Estranhos personagens (Coruja e Vladas) penetram no espaço físico e social das escolas, criando uma perturbação provocativa que conduz os estudantes a uma viagem fantástica, cujo destino é a biblioteca. A força teatral e expressividade desses seres estranhos, desperta o interesse dos estudantes para um jogo interativo enigmático. Gradualmente os jovens se veem inseridos num roteiro de mistério no qual a biblioteca e a leitura se tornam protagonistas.

A atividade é sempre registrada por Hugo Honorato, tanto no ambiente das escolas onde acontece a ação, como também em seus desdobramentos externos. Em uma das intervenções do projeto, a escola amanhece surpreendentemente tomada por centenas de fotografias impressas dos personagens em cenários intrigantes. Esta ação inesperada alimenta o imaginário dos estudantes, reforçando o jogo proposto e aproxima-os do universo das Artes Visuais.

As fotografias não são apenas um registro documental dos personagens em ação, mas um olhar estético, formal e conceitual que reforça seu caráter misterioso e instigante.

Em 2012 o Ninho da Coruja fez sua estreia na E.M Professor Lourenço de Oliveira, em Belo Horizonte. Em 2015 e 2016, contemplado pelo Edital do FMIC – Fundo Municipal de Incentivo à Cultura de Contagem, da Fundac / Prefeitura de Contagem, o projeto Ninho da Coruja foi realizado em escolas locais - E.M Dona Gabriela Leite Araújo e E. M. Professora Júlia Kubitschek de Oliveira, respectivamente, ambas no Bairro Industrial.

Na abertura oficial da mostra, agendada para terça-feira, 05 de dezembro, das 19 às 22h, haverá a participação especial da Banda Cordilheira, de rock instrumental. A Cordilheira é uma banda autoral de música instrumental que tempera a atitude inquieta do rock’n roll com a tradicionalidade dos ritmos brasileiros. O relevo da montanhosa Minas Gerais serviu de inspiração não só para o nome da banda, bem como em suas composições, evidenciadas hora pela agressividades de suas serras, picos e vales, ora pela calmaria das veredas ou singeleza de seus mares de morros.

SERVIÇO:

Exposição "O Ninho da Coruja" – fotografias de Hugo Honorato

de 04 a 31 de dezembro de 2017

Galeria do Centro Cultural de Contagem

Rua Dr. Cassiano, 120, Centro

Visitação: de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h

Abertura: 05 de dezembro, terça-feira, das 19 às 22h

PROGRAMAÇÃO DOS SHOWS -  BANDA CORDILHEIRA

5/12 - Casa Amarela 21h.
6/12 - Escola Municipal Leonardo Sadra 20h.
7/12 - CSU Amazonas 20h.
15/12 - Espaço do Saber 20h.